Guia para cuidar de idosos


Guia para cuidar de idoso

Veja este guia para cuidar de idosos:


Envelhecer é uma certeza da vida e afeta todas as famílias. Filhos adultos ao se deparar com pais já idosos, podem não compreender e/ou demorar a entender completamente até que ponto o envelhecimento de seus parentes os afetará diretamente. De fato, se são idosos e ainda estão em boa saúde e vivem de forma independente, talvez não sintam mudanças significativas ou preocupações excessivas. Mas se chegar o momento em que os efeitos do envelhecimento se tornam mais evidentes, então cuidados a longo prazo podem ser necessários.

O idoso com um declínio geral na vitalidade física e mental resulta em alterações e mudanças visíveis e até drásticas na aparência de nossos pais, na qualidade de vida e no bem-estar emocional e geral. Filhos de idosos devem ser conscientes de como o envelhecimento pode afetá-los e quais opções estão disponíveis para melhorar a qualidade de vida de todos envolvidos. Deve ser levar em consideração acima de tudo algumas coisas essenciais para melhorar a relação ao bem-estar de nossos idosos durante o envelhecimento e quais os cuidados em casa podem fazer toda a diferença.

Considere:

Atividades da Vida Diária (conhecidas como AVDs).


A qualidade de vida e/ou bem-estar de nossos pais é o nosso desejo e um conforto que devemos proporcionar como filhos que fomos tão amados ao longo de nossas vidas. Cuidar de idosos significa considerar o bem-estar emocional, mental e físico de um membro da família.
Atividades da Vida Diária (conhecidas como AVDs).

Proporcionar o melhor atendimento as Atividades da Vida Diária para necessidade da dignidade e o bem-estar físico e emocional durante o envelhecimento de nossos pais idosos de forma eficaz é uma dever que deve ser retribuído com amor e carinho.
As atividades básicas de ADL são normalmente listadas como:
  • Auto-alimentação
  • Mobilidade funcional
    (movendo-se durante a execução de atividades, entrando e saindo da cama, entrando e saindo de uma cadeira)
  • Vestir
  • Tomar banho ou tomar banho
  • Higiene pessoal
    (inclui atividades de escovar / modelar cabelos, barbear, arrumar)
  • Higiene Pessoal
    (inclui ir ao banheiro, levantar-se do banheiro)

Quando os idosos possuem problemas de mobilidade e saúde prejudicados que dificulta ou impossibilita o cuidado dessas AVDs de maneira independente, você precisará encontrar a ajuda adequada. Seja prestando assistência (você ou outra pessoa qualificada) ou investindo no equipamento e acessórios adequados para ajudá-los a continuar as tarefas diárias de forma independente, saiba que existem muitas opções disponíveis.

Atividades Instrumentais da Vida Diária (AIVDs)


Existem outros tipos de atividades da vida diária, não essenciais, mas relacionados ao funcionamento independente, são chamados atividades instrumentais da vida diária (AIVDs).  As AIVD referem-se frequentemente aos seguintes tipos de atividades com cuidados de longa duração:

  •     Cozinhar e preparar refeições
  •     Limpeza e manutenção da casa
  •     Necessidades de compra e compra
  •     Executando tarefas
  •     Gerenciamento de dinheiro e contas a pagar
  •     Falando ou se comunicando no telefone ou através de outros dispositivos
  •     Tomar medicamentos prescritos

É importante para o bem-estar geral dos pais idosos que suas AIVDs sejam atendidas de maneira eficaz e consistente. Se houver dificuldades na execução dessas tarefas sozinhas, precisará de ajuda. Seja você, outros irmãos, parentes ou amigos que ajudam, ou mesmo cuidadores profissionais, é possível organizar a ajuda. Outras fontes de ajuda incluem dispositivos tecnológicos que podem fornecer assistência ou até vários serviços comunitários voltados para ajudar os idosos. Detectar honestamente onde um parente idoso precisa de suporte e apoio é o primeiro passo e, em seguida, avaliar todas as soluções e opções possíveis para obter a ajuda de que precisa.

Analisar como e onde vivem os pais idosos é fundamental para garantir seu bem-estar. Eles estão morando sozinhos? Eles moram perto de você, outros irmãos ou parentes? Eles preferem ficar em sua casa ou estariam abertos a mudar para outro local ou ambiente de vida mais favorável? Todas essas questões são muito importantes a considerar e discutir seriamente com seus pais idosos.
Listamos os tipos mais comuns de condições de vida disponíveis para idosos:

Envelhecimento em Casa

Viver e envelhecer em sua própria casa. Sendo esta a escolha da maioria dos idosos. Mas, permanecer independente em casa pode exigir vários ajustes na casa, além de provavelmente necessitar de obter apoio de um cuidador familiar ou profissional.

Comunidades Independentes de amigos idosos

Adequado para idosos ativos e independentes que alugam ou compram uma casa / apartamento / casa móvel em uma comunidade com outros idosos. As comodidades oferecidas incluem academias, clubhouse, manutenção de quintal, serviço de limpeza e segurança, além de transporte, serviço de lavanderia, refeições em grupo e atividades sociais. Sem apoio médico.

Comunidades em casa de repouso assistida durante o dia.

Idosos que ainda são relativamente independentes, mas podem precisar de assistência e cuidados com suas atividades diárias, como refeições, vestir-se, tomar banho, ajudar com medicamentos e transporte. Aluguel de quartos ou apartamentos, refeições em grupo e comodidades como atividades sociais, exercícios, lavanderia e serviços de limpeza.

Casa de repouso integral ou asilo

Idosos que necessitam de um ambiente de vida com vigilância e assistência médica, mas não precisam de um hospital. (condições crônicas ou para cuidados de reabilitação de curto prazo). Oferece equipe de enfermagem, nutricionistas, fisioterapeutas e cuidadores de plantão 24 horas por dia.

Home Care

Idosos que precisam de assistência com atividades diárias e apoio à saúde (não qualificados ou qualificados) enquanto desfrutam da companhia e dos cuidados morando com um ou mais membros da família.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alerta de fraude contra população idosa e mais vulneráveis relacionado ao coronavírus

5 bons motivos para se contratar cuidador profissional home care